Toyota anuncia terceiro turno nas plantas de Sorocaba e Porto Feliz com a geração de 1570 empregos

COMPARTILHE

A Toyota iniciou processo de contratação para suas unidades industriais de Sorocaba e Porto Feliz, ambas no Estado de São Paulo. Serão, ao todo, 870 novos empregos com o intuito de aumentar o volume de produção das atuais 108 mil unidades por ano para 160 mil unidades por ano. O turno adicional nas duas plantas começará em novembro deste ano.

O início do terceiro turno nas duas plantas produzirá, também, uma geração de 700 novos postos de trabalho nos fornecedores de Sorocaba.
A decisão da Toyota em operar 24 horas naquelas instalações foi baseada em seu plano de crescimento sustentável. Com seu novo compacto premium, o Yaris, com início de vendas programado para junho ou julho deste ano, a Toyota aumentará a oferta de produtos para os mercados brasileiro e latino-americano.

O Yaris ficará posicionado entre Corolla e o Etios, modelo de entrada da montadora, que mesmo com os lançamentos da concorrência, tem obtido crescimento de vendas no Brasil e na América do Sul.

Fábrica de Sorocaba

A planta de Sorocaba, onde o Etios é produzido e o Yaris será produzido em breve, contratará 740 novos colaboradores. Operando em três turnos, alcançará a produção de 160 mil unidades por ano combinando os dois produtos.

Com cinco anos de existência, completados em agosto de 2017, Sorocaba foi fruto de um investimento inicial de US$ 600 milhões. Emprega atualmente 2.225 pessoas, já considerando parte das contratações para o terceiro turno, e é um marco nas operações da fabricante de veículos no Brasil, pois reúne atributos das plantas mais modernas da Toyota em todo o mundo.

O compacto premium Yaris, com início de vendas previsto para o segundo semestre de 2018, é fruto do investimento de R$ 1 bilhão, direcionado para equipar a planta de Sorocaba, que passará a produzir o veículo junto com as versões hatchback e sedã do Etios.

 

Deixe uma resposta

*