Bill Gates e sua esposa anunciaram uma doação no valor de US$ 100 milhões após apelo da OMS

São Paulo – SP

O segundo homem mais rico do mundo, Bill Gates (64) e sua esposa Melinda (55), anunciaram uma doação no valor de US$ 100 milhões para pesquisa e desenvolvimento de vacina contra o coronavírus.

A doação ocorreu logo após a Organização Mundial de Saúde (OMS) solicitar doações para combater a doença.

De acordo com a OMS o número de casos no mundo ultrapassa 24 mil pessoas e existe uma boa possibilidade de controlar o contágio, pois apenas 190 casos foram registrados fora da China.

A OMS pretende arrecadar US$ 675 milhões com doações para um plano de 90 dias, com US$ 60 milhões destinados para financiar suas operações, enquanto o restante será destinado a países em risco com sistemas de saúde menos estruturados.

O foco será na pesquisa e desenvolvimento de uma vacina com prioridade para as populações da África e no sul da Ásia.

Empresas com o McDonald´s, Starbucks, Ikea, Hyundai, Tesla e Disney fecharam temporariamente suas operações na áreas afetadas.

De cerca de 24 mil pessoas infectadas, mais de 490 morreram.

De acordo com a China, a doença começou no mercado de alimentos de Wuhan em dezembro e se espalhou por quase 30 países afetando negócios e o turismo.

Bill Gates doa USS 100 milhões

A fortuna de Bill Gates está avaliada em US$ 113 bilhões segundo o Bloomberg Billionaries Index.

Bill Gates é o maior filantropo da atualidade, tendo doado recursos na área de saúde e educação. Divulgação

Escreva um comentário